Não é normal o idoso cair!!!

O envelhecimento modifica as estruturas do organismo responsáveis pela manutenção do equilíbrio corporal e, portanto, faz com que indivíduos idosos tenham maior chances de cair – mas isso não significa que quedas em idosos devam ser  consideradas normais!
As quedas são multifatoriais e podem ser prevenidas. Entre as causas, destaca-se  ambientes com pouca iluminação, medicamentos que provocam tontura, calçados inadequados e fraqueza muscular.
Portanto, estímulos corretos que aperfeiçoam as respostas motoras do indivíduo idoso frente a uma situação que possa provocar instabilidade postural são aliados essenciais na prevenção de quedas.
Esses estímulos são oferecidos durante as sessões de fisioterapia especializada em gerontologia. Entre eles, podemos citar treino de força muscular e flexibilidade, treino de equilíbrio e de ajustes posturais (tanto antecipatorios quanto compensatórios), além de tarefas de coordenação motora e atenção, focando sempre em atividades de vida diária para aprimorar a funcionalidade e independência do idoso.
Juntamente com os exercícios propostos na fisioterapia, é fundamental que as demais causas relacionadas às quedas sejam identificadas e igualmente controladas, pois somente assim o tratamento terá sucesso.

O envelhecimento modifica as estruturas do organismo responsáveis pela manutenção do equilíbrio corporal e, portanto, faz com que indivíduos idosos tenham maior chances de cair – mas isso não significa que quedas em idosos devam ser  consideradas normais!
As quedas são multifatoriais e podem ser prevenidas. Entre as causas, destaca-se  ambientes com pouca iluminação, medicamentos que provocam tontura, calçados inadequados e fraqueza muscular.
Portanto, estímulos corretos que aperfeiçoam as respostas motoras do indivíduo idoso frente a uma situação que possa provocar instabilidade postural são aliados essenciais na prevenção de quedas.
Esses estímulos são oferecidos durante as sessões de fisioterapia especializada em gerontologia. Entre eles, podemos citar treino de força muscular e flexibilidade, treino de equilíbrio e de ajustes posturais (tanto antecipatorios quanto compensatórios), além de tarefas de coordenação motora e atenção, focando sempre em atividades de vida diária para aprimorar a funcionalidade e independência do idoso.
Juntamente com os exercícios propostos na fisioterapia, é fundamental que as demais causas relacionadas às quedas sejam identificadas e igualmente controladas, pois somente assim o tratamento terá sucesso.

O Instituto Fisiologic é referência em Fisioterapia no Grande ABC, contamos com duas unidades em São Caetano do Sul e Santo André.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.